Veja como foi o III Encontro Nacional em Aparecida


Estivemos reunidos dos dias 30 de junho a 3 de julho, no Santuário Nacional de Aparecida, casa de Nossa Senhora, para o 3º Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora.

Com  mais  de  7.000  participantes,  entre  equipistas,  conselheiros  e  acompanhantes espirituais,  bispos, vindos de todas as regiões do nosso imenso Brasil refletimos sobre o “MATRIMÔNIO CRISTÃO: Festa da alegria e do amor conjugal” e o lema “FAZEI TUDO O QUE ELE VOS DISSER” (Jo 2,5). Rezamos, partilhamos, celebramos  a  Eucaristia encontramo-nos,  alegramo-nos,  confraternizamo-nos.  Foram  dias  realmente ricos, um presente de Deus.

Através de testemunhos e palestras vimos que assim como Maria constatou, nas bodas de Caná, a falta do vinho, nós também somos convidados a perceber como anda a realidade do matrimônio nos dias de hoje.

Estamos diante de mudança de época, mudança de valores que ameaçam a estrutura das famílias. Há muita  dificuldade  para  assumir  o  compromisso  definitivo  bem  como  de mantê-lo.  Nessa  época  pós- moderna não há lugar para os compromissos a longo prazo, isto é, para a vida inteira. O que interessa é o presente e vivê-lo plenamente, deixando de lado a construção de um casamento que deve se desenvolver durante  a  vida  toda, resultando  em  lares  mais  frágeis,  na  sexualidade  banalizada,  no  aumento  das separações e dos divórcios; os jovens não são tão entusiastas quando falam em casamento e muitos casais se recusam a gerar filhos.

Ao  mesmo  tempo  em  que  assistimos,  com  pesar,  a  “desconstrução”  de  tantos  lares, tantos  conflitos conjugais, temos casais que querem basear sua vida conjugal e familiar no Evangelho. Casais que sabem perdoar e sentir-se perdoados, tendo a oportunidade de experimentar um amor que é para sempre, que nunca passa, num seguimento incondicional, bebendo da fonte que é Jesus

Maria, em Caná, orientou: “fazei tudo o que Ele vos disser”. Nós também julgamos que temos critérios objetivos  para  reafirmar  o  valor  do  casamento,  somos  casais chamados  a  viver  o  sacramento  do Matrimônio, amor que passa pelo caminho da cruz, das limitações, do perdão e dos defeitos para chegar à alegria da ressurreição. Acreditamos no “até que a morte nos separe”. ”A graça do matrimônio é um trabalho para realizar em cada dia, um trabalho artesanal, uma obra de ourivesaria”, como disse Papa Francisco (discurso do Papa Francisco aos noivos que se preparam para o matrimônio, Praça de São Pedro, 14 de fevereiro de 2014).

Tal  é  a  beleza  desse  amor,  que  Padre  Caffarel  a  ele  se  referiu  como  sendo  a obra do  sexto  dia:  “A importância e a dignidade do amor manifestam-se claramente quando se considera o seu lugar na criação. É a última das obras divinas, após a qual Deus descansou” (livro Amor e Graça, Padre Caffarel).

Precisamos ouvir Cristo, conhecer sua Palavra, para que tenhamos um casamento completo, feliz, uma festa regada a vinho. Maria e o Senhor Jesus precisam ser, sempre, nossos convidados para que o milagre do amor aconteça.

Portanto é necessário reafirmar o valor do casal cristão na sociedade em que vivemos, é fundamental como casal equipista testemunhar o matrimônio no mundo. As Equipes de Nossa Senhora têm o desafio de ser presença no meio de casais necessitados de redescobrir a possibilidade e a beleza do amor.

Temos a obrigação de dar vida à Boa Nova, informando aos outros a alegria e a paz que nós mesmos experimentamos  em  Cristo,  e  anunciando-a,  não  só  em  palavras,  mas  sobretudo,  com  uma  vida transfigurada pela presença de Deus.

Temos a grande missão de instaurar o Reino nos lares, fazer que a santidade crie raízes em pleno mundo moderno, evangelizando casais, para que todos sejam sólidos apóstolos de Cristo.

Com nossas talhas abastecidas de água, para que Jesus as transforme em vinho, chegou o momento de sairmos, com alegria e cheios de esperança, para nossa missão. Essa expressão “sair” quer dizer sair de nós mesmos, das nossas comodidades, nos desinstalarmos e sacudir o pó espiritual. Não precisamos ir longe, embora isso possa ocorrer, mas atuar no próprio local onde vivemos e trabalhamos.

A obra-prima da sociedade é a família: homem e mulher que se amam. Precisamos dar testemunho da vida alegre dos cristãos e da família, transmitindo a beleza do sacramento do Matrimônio.

Terminamos esse Encontro com entusiasmo e confiantes de que o caminho é esse.

Mesmo diante das dificuldades e diante da cruz, somos marcados pela esperança da ressurreição. Vamos mostrar ao mundo a nossa alegria, a nossa festa, o nosso amor! Vamos mostrar ao mundo o amor de Deus! Porque nós somos o Amor!

(Conforme Carta emitida relatando as atividades realizadas durante o III Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora em Aparecida/SP durante o período de 30/06 a 03/07/2015 - Equipes de Nossa Senhora Super Região Brasil) 


<< Clique no link para ter acesso >>














Palestras do III Encontro Nacional
Palestrante
Palestra
Conteúdo
30/07/2015
Boas vindas à Abertura do III Encontro Nacional
Hermelinda e Arturo
Encerramento do dia: Terça-feira
01/07/2015
Cida e Raimundo
A realidade do matrimônio
Lêda e Menezes
Testemunho casal: Equipe Jovem de Nossas Senhora
Melca
Testemunho de jovem: Equipe Jovem de Nossa Senhora
Padre Flávio Cavalca
Testemunho de Sacerdote Conselheiro Espiritual
02/07/2015
Padre Jacinto
Fazei tudo o que Ele vos disser: A nova aliança e o vinho do amor
Tó e Zé
Matrimônio cristão: Festa da alegria e do amor conjugal
Dom Oneres
Padre Henri Caffarel
Maria Gorettti e Moacir
Deus procura Intercessores
Chico e Silvia
As CNSE no III Encontro Nacional das Equipes de Nossa Senhora
Padre Flávio Cavalca
Com.Nossa Senhora da Esperança: Uma contribuição para a vida da Igreja
Tereza Shoshima
Testemunho de viúva: Comunidade Nossa Senhora da Esperança
03/07/2015
Hermelinda e Arturo
Sair para a missão









Compartilhe no Google Plus

About ENS Setor Recife A

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário