ARRAIÁ VIRTUÁ 2020


O Setor Recife A, através de sua Equipe de Coordenação, planejou e realizou uma das festas mais animadas e tradicionais do Nordeste: o São João.

Contudo, diante da situação atual que os brasileiros estão vivenciando, não seria possível realizar de forma presencial, assim, todos se mobilizaram para não deixar passar em branco os festejos juninos, logo, pensou-se no ARRAIÁ VIRTUÁ, bem ilustrado pela letra da música que diz: “Vai ter São João, mas cada qual na sua casa... (Banda Mastruz com Leite).

Dessa forma várias reuniões foram realizadas para pensar na melhor maneira de colocar em prática e, planejar, quais as atrações que poderiam tornar o momento alegre, descontraído e dinâmico.

Depois de tudo definido, chegou a grande noite.

E, em 27 de junho de 2020, a partir das 20h, através da plataforma zoom, os casais foram chegando e demonstrando que estavam dispostos a tornar aquele momento animado e inesquecível.

Ao som do forró, a sala virtual foi ficando repleta de participantes, estes vestidos a caráter, animados, com suas casas ornamentadas e com suas mesas recheadas de comidas típicas da época.





Por volta das 20:30h, foi feita a abertura oficial. E, para dinamizar e alegrar a programação da noite, foi chamada a correspondente “internacioná”, Cidinha de Jesus (Pri Cavalcanti, de Antoniel). Esta, com muita criatividade e descontração, chamou o Casal Responsável do Setor, Clara e Tercílio, o qual deu as boas vindas a todos e declarou aberto o ARRAIÁ VIRTUÁ.

Na sequência, Cidinha de Jesus, chamou o Cordelista, José Lucimário (de Cicinha), para recitar o Cordel das Equipes de Nossa Senhora, conforme segue (Fonte: Carta Mensal nº 473-Ago/2013-de Antônio (da Socorro)-João Pessoa-PB. Com pequenas adaptações):

AS ENS SÃO UM MOVIMENTO DE ESPIRITUALIDADE
EM PERNAMBUCO JÁ COMEMORAM
40 ANOS DE IDADE
AJUDANDO A MUITOS CASAIS
É UMA GRANDE VERDADE.

QUANDO DEUS PAI NOS CRIOU
E NOS MANDOU PROCRIAR
HOMEM E MULHER ELE NOS FEZ
PARA ENTÃO OS DOIS CASAR
DEPOIS SURGIRAM AS EQUIPES
PARA O CASAL SE AJUDAR.

LÁ PELOS ANOS 80
MARIA LÚCIA E PLINIO
TROUXERAM PRA PERNAMBUCO
UM MOVIMENTO LEGAL
ERA UMA TAL DE EQUIPE
QUE SERVIRIA AO CASAL.

DISSERAM VIR LÁ DA FRANÇA
UM PAÍS DESENVOLVIDO
E QUE LÁ MUITOS CASAIS
JÁ SE SENTIAM ENVOLVIDOS
E CHEGANDO A PERNAMBUCO
FOI SUCESSO REPETIDO.

VIERAM DO RIO DE JANEIRO
TRAZENDO GRANDE VIVENCIA
PARA RECIFE INICIAR
ESSA LINDA EXPERIÊNCIA
OS CASAIS SE DELICIAR
E A JESUS TESTEMUNHAR.

AO CHEGAR EM RECIFE
FUNDARAM LOGO UMA EQUIPE
QUE PARA TODOS ATÉ HOJE
É A EQUIPE PIONEIRA
E TANTO CONTRIBUIRAM
E ATÉ HOJE A EQUIPE PRIMEIRA.

NÃO FALTOU CONSELHEIRO
PARA AJUDA ESPIRITUAL
CONVIDARAM Pe. EDVALDO
PARA ELE ENTENDER
CONSEGUIRAM TAMBÉM Pe. BARROS
HOMENS DE GRANDE SABER.

POR AQUI O MOVIMENTO
FOI ACEITO POR DEMAIS
EM POUCOS ANOS HAVIA
GRANDE NÚMERO DE CASAIS
QUE QUERIAM AO SENHOR DEUS
SEREM FIÉIS E LEAIS.

JESUS CRISTO É O EXEMPLO
NOSSA SENHORA A MADRINHA
A FAMILIA É O CAMPO
ONDE SE CULTIVA A VINHA
O CASAL QUE ASSIM PROCEDE
NUNCA VAI SAIR DA LINHA

A EQUIPE NOS AJUDA
A TENDER A SANTIDADE
O MAGNIFICAT REZADO
NOS COLOCA EM UNIDADE
A ORAÇÃO EM CASAL
NOS LEVA A ETERNIDADE

VAMOS PEDIR AO SENHOR
PARA ELE NOS AJUDAR
QUE OUTROS 40 ANOS
AS EQUIPES POSSAM COMPLETAR
ASSIM OUTROS CASAIS
PODERAM COMEMORAR.

PARABÉNS AOS EQUIPISTAS
QUE CONFIAM NO SENHOR
CAMINHANDO SEMPRE EM FRENTE
PARA MOSTRAR SEU AMOR
VIVENDO A FIDELIDADE
COMO SEU GRANDE PENHOR.

Continuando a programação, Cidinha de Jesus, convidou a todos para o Casório Matuto:

Padre
Boa noite, irmãs e irmãos em Nosso Senhor Jesus Cristo! Se aprocheguem todos! O casório já vai começar...
Narrador
As famílias vão chegando. Chega a família do noivo. Seus pais, equipistas há trinta anos, trazem ele até o altar, alegres que só a gota! O moço tá nervoso... Daí um poquinho chega a família da noiva. Os pais dela vão se chegando, aquele cumprimento rápido, um aceno pro seu Padre, uma zoiada no povo já inquieto. A mãe da noiva cochicha pro marido:
Mãe da noiva
Ô, homem, que atraso é esse?
Pai da noiva
Nada, ôxe, uns minutinho fica até chique! Vou lá fora vê, nossa princesa deve de tá chegando. Agora esse caboclo podia tá mais aprumado, pois sim! Uma ocasião dessa!
Mãe da noiva
Dexe disso... São jovens... Até que tá bonito... Vá, vá ver ela, homem de Deus!
Narrador
O pai da noiva chega na calçada da igreja junto com o carro: era a noiva mais   linda do mundo, quer dizer, quase: a mais linda ele viu há trinta anos, na mesma igreja quando se casou...
Noiva
Oi, painho! Tô segurando o choro de tanta emoção! Pra num borrar a maquiáge.
Pai da noiva
Isso é felicidade, fia! Chore não! Venha, venha. Tá tudo certo.
Narrador
Abrem-se as portas da Matriz de Santo Antônio. Eita igreja bonita!... Começa a tocar a música de casório. Frô pra todo lado!
Noivo
Mainha, ela nem se atrasou muito. Tá linda, num tá?
Mãe do noivo
Fio, aqui diante de Jesus e Santo Antonio, me diga: causa de quê pressa di casar? Ela tá grávida?
Noivo
Ôxe, mãe! Até o padre ouviu!
Padre
Ouvi, não, meu filho... Tô mouco desse lado... mas conte, vá, conte pra sua mãe.
Noivo
Ma, rapaz! Mouco e ouviu tudinho!?... Mãe, a gente vai casar porque se ama, porque quero fazer ela feliz. Tem neto ainda não, fique sossegada. Se tivesse a gente dizia, vocês nos educaram como cristãos.
Mãe do noivo
Ô, menino. Deus te abençoe, você, tua esposa e tua família!
Pai da noiva
Sabe, fia, aqui levando você pro altar, é esse moço mesmo que você escolheu? Tem certeza?
Noiva
Painho, meu coração diz que foi Deus que escolheu ele pra mim. Amo ele por demais! Quero fazer ele muito feliz. Então?
Pai da noiva
Então eu fico calado, visse? Só essa poera nos zóio... é choro não... Bora.
Noiva
Sei, sei.
Padre
Queridos irmãos, agora que a noiva chegou e seu pai a entregou para o noivo... psiu! Pode beijar ainda não, hómi!... Segura aí!... Bom, estamos aqui reunidos para celebrar o sagrado Sacramento do Matrimônio para unir este noivo e esta noiva em aliança perpétua, com a graça de Deus!...
Noiva
Tô tão feliz!
Noivo
Eu... eu... tomém tô... ma-mas vo-você quer casar mesmo?
Noiva
Arre! Quero! Ôxe! Tá gago por que?
Noivo
Nada não... deu um vento aqui da janela... Ô tio, fecha essa janela aí, por favor!
Padre
Meu filho, tem vento nenhum, olhe que as vela acesa nem se mexe! Um calor desse, eu aqui de batina, pingando... Ô tio do noivo, por favor, abra a janela ou eu derreto.
Pai da noiva
Mulé, esse cabra tá tremendo ou meu óculos tá errado?
Mãe da noiva
Dexe disso... é só a emoção. Tá apaixonado, e agora vai viver com ela todo dia!
Padre
...É por livre e espontânea vontade e de todo o coração que vocês, noivos, vem diante de Deus e da Igreja celebrar o seu Matrimônio?
Noiva
Sim.
Noivo
Si-Sim.
Padre
... Vocês estão dispostos a se amar e se respeitar por toda a vida?
Noiva
Sim.
Noivo
Si-... é... Sim.
Padre
Estão dispostos a receber os filhos como dom de Deus, e educá-los na lei de Cristo e da Igreja?
Noiva
Sim.
Noivo
É... é que...
Noiva
É o quê, José?! Que foi?! Qué conversar com meu padin?! Ele tá ali, ó, todo gordo!
Padre
Que há, meu filho..? Que suadeira é essa? Está pálido! Vixe!
Noivo
Sabe, seu padre... essas coisa que o senhor tá dizendo aí... parece muita coisa... é a vida inteira, é? A gente fica confuso. Por aí, na rua, na TV, a gente vê o cabra ficá solteiro, ficá casado, ficá solteiro, ficá casado, ô casório sem jeito!... Aqui é pra vida inteira, é?
Noiva
É ! Ô minha Nossa Senhora, acode aqui!
Mãe do noivo
Nossa Mãe do Céu, rogai por nós!
Noivo
Calma, Maria, deixa o seu Padre falar...
Padre
É, meu querido José. Maria está certa, é pra vida toda, todinha. O Matrimônio é caminho para ser santos, marido e mulher!
Noivo
Ô, seu Padre! Aí endoidou! Como é? Esse negócio de ser santo é pro senhor, os seminaristas, as freiras, só os religiosos, não é? Pra nóis namorados, noivos, não... Entendo não. Como é que pode esse negócio de ficar santo, fica pecador, ficar santo, fica pecador, ô caminhada sem jeito!!!
Padre
José, seguir na estrada de Jesus é o único caminho. Deus dá a cada um a vocação de ser religioso ou de ser esposo para servi-Lo. O Matrimônio é um caminho para santidade, na união e na vida dos esposos, no amor, na doação mútua. O amor entre marido e mulher no Matrimônio relembra o Amor de Cristo pela sua Igreja! É Amor sem medida.
Noivo
Ah... agora tô vendo...
Noiva
Tá vendo o quê, José? O povo curioso pra ouvir o que a gente tá conversando com o padre? Ainda bem que o microfone tá quebrado, ô, glória!
Noivo
Não, Maria. Tô vendo você, a noiva mais linda que esse mundo já viu. Tô vendo ali teus pais, um apertando a mão do outro e rezando, acho que é pra nem eu nem tu fraquejar ou duvidar do nosso amor nunca.
Noiva
Ô meu amor... Se avexe não...
Noivo
Tô vendo tomém meus pais logo ali. Ói! Minha mãe tá chorando e sorrindo, e painho tá calado como sempre, mas tá chorando, coisa que eu poucas vezes vi... Olha lá, ele tá sorrindo, eita!
Padre
José, sou Conselheiro da equipe dos teus pais. É um casal a caminho de ser santo, você sabe disso.
Noivo
Maria, tô calmo.
Noiva
Tá bem. E agora, José?
Noivo
Bora casar nóis, seu Padre! Tá esperando o que?
Padre
Glória a Vós, Senhor! Juntem suas mãos direitas. Diga a ele, Maria:
Noiva
Eu, Maria, te recebo, José, por meu esposo, e prometo ser fiel, te amar e te respeitar, alegre ou triste, com saúde ou doente, todos os dias da nossa vida.
Padre
Agora diga a ela, José:
Noivo
Eu, José, te recebo, Maria, por minha esposa, e prometo ser fiel, te amar e te respeitar, alegre ou triste, com saúde ou doente, todos os dias da nossa vida... Tá mais calma, mô?
Padre
Xiu... não abuse, José... Abençoai e santificai, Senhor, o amor dos vossos servos Maria e José para que, nestas alianças em sinal de fidelidade, recordem o compromisso de amor. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
Todos
Amém!
Mãe da noiva
Que Deus abençoe o novo casal, começo de nova família! Graças a Deus!
Pai da noiva
Não perdemos nossa princesa. Ganhamos um novo filho, né, mulé?
Pai do noivo
Vô falá nada, não, tô emocionado... Deus abençoe!
Mãe do noivo
Eita, homem, mais essa graça recebida de Deus, pela intercessão de Maria Santíssima. Obrigado!
Padre
Ninguém contesta e eu vos declaro marido e mulher. O que Deus uniu, o homem não separe! Deus abençoe a todos! Vamos em paz, e que o Senhor nos acompanhe!
Todos
Graças a Deus!
Noivo
Te amo, Maria minha esposa! Hoje e sempre!
Noiva
Te amo também, José meu esposo, sempre!
Padre
Agora vamo simbora todo mundo pro forró do casório! Bora aproveitá a festa, com muita alegria!!! E olhe que seu Delegado é padrinho da noiva! Ele tá gordo assim desde que as Equipes de Nossa  Senhora chegaram aqui na cidade... pudera... Delegado nunca mais teve trabalho em dia de casório!!!... Viva Padre Caffarel!!! E Viva Santo Antonio!!!
Todos
Viva!!!
Padre
Viva São João!!! Viva São Pedro!!!
Todos
Viva!!!
Padre
Bora pro balancê, que hoje é dia de festa... Óia o caminho da roça!...
Narrador
E foi assim o casório do matuto José com a moça Maria... E depois?... Não sei... só sei que foi assim!....

Personagens:
Padre.....Lucimário
Narrador...Cicinha
Noiva Maria..Pri
Noivo José...Niel
Pai da noiva..Tercílio
Mãe da noiva..Clara
Pai do noivo..Leo
Mãe do noivo...Tânia
Apoio de som....Cleide e Edilson







E, para festejar o casamento de Maria e José, Cidinha de Jesus pediu para que todos preparassem o espaço em suas casas, pois, teria início a Quadrilha Junina.
Todos, nas suas respectivas casas, seguiram os passos marcados da Quadrilha e fizeram bonito.















Quando todos pensavam que já ia encerrar o evento, Cidinha de Jesus anunciava uma nova atração: Teve visita virtual às casas dos casais, correio elegante (pelo chat), teve som de voz e violão com Paulo (de Gaby), teve sorteio, forró e, finalizando, o CRS, Clara e Tercílio, por volta das 22:15h, fez os agradecimentos e todos rezaram o MAGNIFICAT.

Destacamos a presença virtual de Eduardo Bandeira, de Luciana, que apesar de estar internado em tratamento de saúde, mostrou que o Cristão, com alegria, fé e oração, tudo supera. Continuemos em unidade e oração!

Esclarecendo que o evento teve também o lado solidário, onde foi solicitado que os equipistas, que pudessem, de maneira espontânea e de coração, realizassem uma doação financeira na conta do Setor A, de modo que o valor arrecadado fosse distribuído entre os SCE/AET das equipes de base do Setor organizador da festa.

A verdade é que o ARRAIÁ VIRTUÁ levou um pouco de animação, interação e descontração para os equipistas que se disponibilizaram a participar do evento, deixando saudade e, desde já, expectativa no ARRAIÁ PRESENCIÁ do próximo ano.








“SÓ SEI QUE FOI ASSIM...”


















































































Compartilhe no Google Plus

About ENS Setor Recife A

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 Comments:

Postar um comentário